domingo, 17 de fevereiro de 2013

MÉTODOS PARA DAR AULAS COM SUCESSO / TRANSMISSÃO DO CONHECIMENTO - PARA QUEM E PARA QUE?!




TRANSMISSÃO DO CONHECIMENTO        PARA QUEM E PARA QUE?!
                                                                     POR MARIZETE CAJAÍBA


 Saber transmitir uma ideia de forma adequada ao receptor e ao ambiente que se encontra É MUITO IMPORTANTE.
A forma correta de influenciar o aluno,  é saber “ quem é ele” – OU SEJA A FAIXA ETÁRIA E SUAS CARACTERÍSTICAS .
Bom mesmo é ler sobre a idade do seu alunado, crianças ou adolescentes, tem suas fases, suas características, saiba cada uma delas – estude a faixa etária para a qual você leciona – entre no mundinho deles – saiba o que curtem, quais as músicas, quais os filmes, ídolos, “gírias”, compre revistas que eles curtem, faça parte de suas redes sociais – assim será mais fácil entendê-los e não condená-los diante de uma determinada  atitude que para aquela criança ou adolescente é comum  
Quase tudo que queremos depende, em diferentes níveis, da atitude de outra pessoa – depende do grau de sintonia –
Muitos são aqueles que sabem  a Geografia, a Matemática, a Ciências ... mas, o mais importante não sabem : LIDAR COM A CRIANÇADA.
O professor ao entrar numa sala de aula : ou  ele encontra uma galera pronta para contra atacar ou ele vai ter que aplicar métodos para se aproximar dos baixinhos , se não for assim cada minuto da aula será uma tortura tanto para o professor, quanto para o aluno.
O segredo é saber expressar para os alunos  segurança.
É mostrar de maneira clara suas metas, seus objetivos, o que você espera construir com eles durante o ano letivo .
 Aplicando corretamente estes princípios, é possível engajar os alunos ao seu modelo particular  de aula , ao seu tipo de personalidade como educador e conduzir todos a buscarem o mesmo objetivo, reduzindo obstáculos e resistências.

TEM LOGO  ABAIXO ALGUMAS  METODOLOGIAS BASEADAS EM EXPERIÊNCIA PRÓPRIA  QUE
 DÃO CERTO :
CRIE UM OBSERVATÓRIO NOS PRIMEIROS DIAS DE AULA : na primeira semana , nunca comece diretamente  com conteúdos específicos da matéria : deixe que o aluno o conheça, e conheça-os  através de dinâmicas bem aplicadas e bem conduzidas – estará criando aí um grande observatório logo de início, para perceber : os alunos mais agitados, os mais solícitos, os mais participativos, os mais tímidos, e os que nada querem, etc
CONVIVÊNCIA HARMONIOSA :
O profissional precisa construir uma imagem de pessoa agradável, que cumprimenta, que dá “bom dia”, e que convive com seus alunos de maneira harmoniosa, que se importa com coisas do seu dia a dia.
TÁTICA DO ARGUMENTO. É transmitir uma informação construindo, ao mesmo tempo, um raciocínio com vantagens e consequências positivas para o aluno .
Durante as aulas, tente trazer o assunto para a atualidade ou realidade do aluno, dê exemplos utilizando o nome deles, acontecimentos da atualidade nomes do momento, etc
CONHEÇA SEUS ALUNOS : há alunos que você poderá utilizar como parceiros na sala de aula : parceiros para dividir conhecimento, parceiros para dividir a alegria, parceiros para ajudar na disciplina e assim por diante – entenda o tipo de personalidade  (  para isso caro amigo professor você deverá entender sobre inteligência emocional e neurolinguística – mãos a obra amigo) e dê o “bote” – ou seja ganhe seus alunos sem nunca precisar desafiá-los, gritar ou chamar a direção ou pais)
CUIDADO COM O SEU TOM DE VOZ : QUANTO MAIS VOCÊ GRITAR NO MEIO DA BAGUNÇA – MENOS ELES VÃO TE VALORIZAR OU TE OUVIR. JAMAIS GRITE. Uma boa técnica que uso é chamar pelo nome um por um que faz parte da indisciplina do momento. UMA BOA TÈCNICA é criar um cantinho especial na próximo à sua mesa – sempre que há um  ou dois alunos atrapalhando insistentemente – traga-os para perto da sua mesa – diga que você os quer bem pertinho de você ....
RECIPROCIDADE:   GENTILEZA GERA GENTILEZA – PRECISA DIZER ALGO MAIS ?! A sua postura desde o início irá influencia a simpatia da turma com você . Não há necessidade de se impor quando você é esperado pelo alunos na porta da sala, quando os recebe bem, há reciprocidade – DEIXE TODOS OS SEUS PROBLEMA ANTES DE ENTRAR NA ESCOLA – Quando não der ... vai ser difícil segurar a turma ... sua emoção pode ficar a flor da pele e isso pode ter um desfecho negativo de intolerância por uma mínima atitude do aluno .
SEJA SOLÍCITO : MOSTRE O QUANTO DESEJA QUE SEUS ALUNOS APRENDAM ... Ei, mas não precisa falar isso para eles – NÃO PRECISA FAZER COMO OS FARISEUS -  mostre-os com suas atitudes , com aulas prazerosas e bem preparadas – com mais qualidade.

UTILIZE O TEDIÔMETRO: melhor dizendo – o “desconfiômetro” ele serve para medir se sua aula está entediante, massante, chata, difícil de engolir ... perceba pelas atitudes dos alunos – lance mão de um comentário que nada tem a ver com o que você está dizendo ...(serve para acordar a galera), saia para beber uma água, e reveja um novo jeito para aplicar aquele conteúdo.
( OMELHOR JEITO DE REVER OQUE ESTÁ ACONTECENDO ESTÁ NO PRÓXIMO ÍTEM)
 PRATIQUE A EMPATIA : COMO SERIA VOCÊ ASSISTINDO SUA PRÓPRIA AULA POR LONGOS 50 MINUTOS?! Particularmente, quanto noto que está havendo monotonia, que a aula está dando sono – faço algo para despertá-los ou mudo a estratégia que preparei achando que seria “beleza”.
TRAGA O ASSUNTO PARA O NÍVEL DO ALUNO – Quantas vezes ao preparar aulas, nos deparamos com um conteúdo realmente “chato” até mesmo para preparar a aula – então pesquise mais, traga atrativos, curiosidades – seja sincero – diga que aquele assunto – é um pouco chato – mas é importante que eles saibam, por isso vai precisar da compreensão deles – pois não será fácil passar para eles aquela matéria.
Insira curiosidades, traga figuras, etc
ORATÓRIAMANEJAR BEM A PALAVRA.
 Antes de mais nada, é importante dizer que, um bom professor é essencialmente um bom orador.  Alguém que consciente ou inconscientemente, faz uso de técnicas de oratória em suas aulas.
(      )  VERDADE      (  x  ) MENTIRA
É impressionante como alguns professores , conseguem articular bem suas aulas e manter a classe prestando atenção por mais de 20 minutos seguidos de sua fala durante a explicação da matéria,  sem nunca terem estudado oratória. Todos já ouviram dizer que  “alguém que possui o dom da palavra” – pois então , nem sempre é assim .

 E O QUE É O DOM DA PALAVRA ?
Penso que todos nós possuímos um talento inato. Este dom quando descoberto, exercitado e bem aproveitado,  gerará frutos abundantes.
 Poetas, escrevem e encantam corações. Músicos, enchem de alegria qualquer lugar.
Dançarinos arrancam aplausos das platéias, palhaços arrancam gargalhadas.
 Os artistas podem fazem chorar , mas o bom orador, pode fazer tudo isso, com o poder da palavra.

NO ENTANTO, RECONHECEMOS QUE NEM TODOS OS PROFESSORES TEM O “DOM DA PALAVRA” - é necessário dizer que este precisa ser bem orientado. Há uma metodologia para conduzir bem um assunto para um determinado público , por é necessário Trabalhar o  aprimoramento de  fala , isso depende de investimentos que incluem estudos, treinamento, esforço, auto-conhecimento, objetividade e até mesmo  temos na internet dezenas de cursos de oratória – que tal olhadinha?

SEGURANÇA DURANTE AS AULAS. Uma aula bem preparada, com bons argumentos, com métodos traçados -  trará mais segurança ao professor – e o aluno percebe a sua segurança -  isso melhora a  auto-estima e conduz o professor a se preparar cada vez mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário