quinta-feira, 9 de outubro de 2014

EDUCAÇÃO NO BRASIL : REALIDADE CRUEL / É PELA A BASE QUE SE COMEÇA A FORMAÇÃO DE QUALQUER CONSTRUÇÃO, NÃO É DIFERENTE PARA A EDUCAÇÃO. / os profissionais que educam são desvalorizados, a educação é desvalorizada – a educação é a base de formação de mudanças – sem educação de qualidade não haverá mudanças positivas, não haverá uma sociedade engajada.



EDUCAÇÃO NO BRASIL : REALIDADE CRUEL



É PELA A BASE QUE SE COMEÇA A FORMAÇÃO DE QUALQUER CONSTRUÇÃO, NÃO É DIFERENTE PARA A EDUCAÇÃO.
 OS GOVERNANTES ESTÃO DEIXANDO AS NOSSAS FUTURAS GERAÇÕES SEM PREPARO.
SEM EDUCAÇÃO DE QUALIDADE NÃO HAVERÁ MUDANÇAS POSITIVAS, NÃO HAVERÁ UMA SOCIEDADE ENGAJADA.
O PAÍS DA ROUBALHEIRA E DA IMPUNIDADE NÃO QUER "CIDADÃOS" PENSANTES, QUER MASSA DE MANOBRA.

               
     É O MEIO ESCOLAR E O EDUCADOR, ENTRANDO CADA VEZ MAIS NA VIDA INTIMA DO EDUCANDO E FOMENTANDO EM SUA CONCEPÇÃO QUE EDUCAÇÃO NÃO É SOMENTE REGRAS, NÚMEROS,MUROS E SALA DE AULA.
     É necessário que os governantes invistam mais na educação, para que os jovens cheguem ao mercado de trabalho com mais conhecimentos, levando-os melhor a enfrentar ao mercado de trabalho tão competitivo.
     A ESCOLA É O FOCO DAS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS DE TODO O CONHECIMENTO, DESDE QUE EDUQUEM OS CIDADÃOS.
     Reclamamos tanto que esquecemos  de colocar nossas ideias e opiniões em prática. Reclamar é muito fácil, basta abrir a boca, mas fazer, arregaçar as mangas, é muito mais importante e difícil do que nossa vã filosofia pode tolerar.
Pensemos mais no que estamos fazendo para mudar, melhorar, construir, realizar, cuidar em prol de...
 CANSO-Me DE ESCUTAR LAMÚRIAS DE PROFESSORES, ALUNOS, PAIS, COMUNIDADE, MAS NÃO VEJO QUASE NADA DE AÇÃO.


       QUANDO DEIXAMOS OS OUTROS DEMONSTRAREM SUAS IDEIAS, FINCAREM SUAS BANDEIRAS, DISCUTIREM SEM DEBATE, ESTAMOS NOS ACOMODANDO, NOS OMITINDO POR NÃO DIZER O QUE PENSAMOS,  ESTAMOS NOS ACOVARDANDO ... 
Porém quando dizemos para as novas gerações cultivarem atitudes adequadas e resgatarem valores humanos hoje em desuso, estamos mostrando atitudes de quem quer mudar o mundo.

      Governantes? Nós os colocamos ali, somos todos "culpados". 
Se erramos – não vamos esquecer o erro – errar faz parte do aprendizado – assim,  é  melhor, fazer do erro um próximo acerto, novas eleições virão ... 
     NOSSAS CRIANÇAS ESTÃO CRESCENDO E OS NOVOS JOVENS ESTÃO SE TORNANDO ADULTOS, NOVOS CIDADÃOS VÃO SE INTEGRANDO ÀS COMUNIDADES – MAS É COMO SE A SOCIEDADE LHES DEVESSE ALGO...
     A escola  e seus educadores, tentam de todas as formas seguir adiante, mas não é possível contribuir com formação de cidadãos sem amparo de toda uma sociedade.      Ressalto aqui a crescente desvalorização dos professores, “doutores que são”, em formar e  educar pequenos seres que chegam a escola precisando ser lapidados.
     
Não. A escola não é o único espaço privilegiado para a formação do cidadão. Mas ela tem se colocado como um instrumento para a formação do ser humano – embora não tenha conseguido muito êxito. Ela, como Instituição de Ensino, até poderia fazer esse trabalho de formação do indivíduo, se os governantes do nosso país investissem os recursos com responsabilidade na base, ou seja, no Ensino Fundamental, por exemplo, pagando bem os educadores para que eles se sentissem valorizados e estimulados ao exercerem suas funções dentro da escola; estruturando as escolas com espaços suficientes que atendesse as necessidades de trabalhos dos professores com os alunos.
      É PELA A BASE QUE SE COMEÇA A FORMAÇÃO DE QUALQUER CONSTRUÇÃO, NÃO É DIFERENTE PARA A EDUCAÇÃO.
     A escola ainda é o principal foco de organização, sistematização e transmissão do conhecimento -  o educador e o educando -  os principais agentes nesse processo, embora , divida a tarefa de educar com outros núcleos sociais, como a família, as comunidades e os meios de comunicação.
     O DESENVOLVIMENTO E VALORIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO GUARDA ESTRITA RELAÇÃO COM O DESENVOLVIMENTO DA SOCIEDADE E VICE-VERSA.
É através do conhecimento, do domínio da ciência e do desenvolvimento tecnológico que o homem adquire meios para compreender e transformar a realidade material, a natureza, e a sociedade em que vive, tornando-se apto a exercer sua cidadania. 

Em um mundo com fronteiras cada vez menos definidas, passamos a conviver com novos conceitos histórico-geográficos, culturais, econômicos e comerciais. Diante disso, os horizontes da escola devem expandir-se na mesma proporção, trabalhando com realidades mais amplas e fazendo-se mais presente na comunidade em que está inserida.No mundo em que vivemos, uma sociedade bem estruturada  está profundamente relacionada à capacidade de produzir conhecimento e tecnologia. 
Como conseqüência, a educação assume um papel vital no desenvolvimento socioeconômico de uma nação.

     EDUCAR É UM DEVER DE TODAS AS ESFERAS PÚBLICAS, DA ORIENTAÇÃO E DOS RESPONSÁVEIS PELOS MENORES, PORÉM, PODE-SE DIZER QUE, NA MAIOR PARTE DAS CIDADES DO NOSSO PAÍS , A ESCOLA SE CONSTITUI, HOJE, PARA A GRANDE MAIORIA DAS CRIANÇAS E JOVENS - NO ÚNICO ESPAÇO SOCIAL DE CONVIVÊNCIA  DESDE OS CINCO ANOS DE IDADE.

     A ESCOLA COMO ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA SOCIAL, SE TORNA UM CENTRO DE REFERÊNCIA PESSOAL QUE MARCA OS SUJEITOS QUE POR ALI PASSAM, ESTES SERÃO SEUS FRUTOS, TERÃO OS  TRAÇOS QUE O IDENTIFICA. ASSIM , NA NOSSA SOCIEDADE ATUAL , A ESCOLA SE  IDENTIFICA COM O UM LUGAR DE FORMAÇÃO DO SER HUMANO.  Daí, a escola precisa, sim, ser um espaço de formação de cidadãos ativos e conscientes, integrando toda a comunidade escolar - alunos, pais, professores e funcionários - e tenham como objetivo educar pessoas para viverem em sociedade com paz, respeito às diferenças, democracia ... Ah, mas estou falando de cidadania!!!
     CIDADANIA É UM TERMO ABRANGENTE, TEM SUA CONSISTÊNCIA NO QUE HÁ DE MAIS EXPRESSIVO NA PESSOA QUE É “O SER, O SE TORNAR HUMANO” FRENTE ÀS DIFICULDADES E AOS DESAFIOS DA VIDA. 
Na realidade, nem sempre, a escola se torna esse espaço capaz de tornar os educandos verdadeiros cidadãos – principalmente – por que quem os educa não são valorizados – OS PROFESSORES HOJE SÃO MARGINALIZADOS – SÃO PROFISSIONAIS SEM ESTÍMULO DO PATRÃO QUE É O PRÓPRIO GOVERNO.

 CAÍMOS ASSIM NUM CÍRCULO VICIOSO: os profissionais que educam  são desvalorizados, a educação é desvalorizada – a educação é a base de formação de mudanças – sem educação de qualidade não haverá mudanças positivas, não haverá uma sociedade engajada.

     O país da roubalheira e da impunidade não quer "cidadãos" pensantes, quer massa de manobra.
     ATÉ PORQUE, COM A CRISE E INVERSÃO DE VALORES SOCIAIS E ÉTICOS, FAZ-SE NECESSÁRIO RETOMAR, INVESTIR E APOSTAR NA FORMAÇÃO DO CIDADÃO E DA CIDADÃ DESDE A MAIS TENRA IDADE. PARA QUEM SABE, REVERTER A MÉDIO PRAZO, A REALIDADE TÃO CRUEL  QUE CARACTERIZA OS DIAS ATUAIS.... ESSE É MAIS UM DOS MUITOS DESAFIOS DA EDUCAÇÃO, HOJE.

PENSEMOS NISSO !!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário